PORQUE VOCÊ NÃO SE CURA

Você não cura porque desconhece a origem da sua doença.

Você não cura porque não aprendeu a nutrir-se, escolhendo comer de forma nociva e pobre.

Você não cura porque continua a ignorar o Ser poderoso e valioso que possui dentro de si.

Você não cura porque continua a agir como se nada fosse, fingindo que tudo está bem em seu mundo.

Você não cura porque não se atreve a confrontar as pessoas que dirigem a sua vida.

Você não cura porque não usa as suas tesouras para cortar o cordão umbilical com a sua família.

Você não cura porque acredita firmemente que existem doenças crônicas.

Você não cura porque transformou o sedentarismo numa nefasta forma de vida.

Você não cura porque assumiu que o sacrifício é a maneira de mostrar amor aos outros.

Você não cura porque não usa a magia do perdão para se limpar da ira e do rancor.

Você não cura porque não respeita o livre arbítrio dos seres que o rodeiam deixando que sejam o que são.

Você não cura porque intoxica o seu corpo com comprimidos e produtos químicos que sufocam os sintomas que falam da desarmonia interior.

Você não cura…

É porque se esqueceu que você é o Curador!

Célia Clélia Oliveira



QUANDO EU FUI UMA REPRESENTANTE

EM CONSTELAÇÃO FAMILIAR – DEPOIMENTO.

O Constelador chamou todos para representar as causas da doença de uma pessoa em questão, quando chegou minha vez, me identifique com a cura a fé, especificamente a fé.

Na hora em que o Constelador perguntou onde era o meu lugar – prática da Constelação em achar um lugar no sistema da pessoa em que representa – mesmo antes de identificar quem eu representava, olhei em volta e percebia muita luz e me vi em todos os lugares, respondendo: – Estou aqui, ali, em volta, em você, onde houver lugar.

Nunca tinha visto aquilo, me transformei em todas as Deusas, fazia os gestos indianos e de outras castas, de outras fé. Percebi em mim que estavam todas “as santas” todas as mães curadoras, todas as figuras femininas em fé, a Grande Mãe.  Que todas, eram uma só!

Nesse momento a representante da pessoa doente, chorava emocionada, ao mesmo tempo eu realizava gestos na sua frente, sem entender os sinais. Colocando o dedo polegar no centro de sua testa, sentindo que uma semente de luz instalava em seu coração. A semente representava a fé que a curaria.

Selma Flavio Terapeuta Sistêmica
23/02/2015

Não teria como não lembrar da parábola da semente de mostarda.

‘Se vocês tiverem fé do tamanho de um grão de mostarda, poderão dizer a este monte: ‘Vá daqui para lá’, e ele irá. Nada será impossível para vocês. ‘ Mateus 17:20.


Para onde você olha quando precisa se curar?

O corpo
Para onde olhamos primeiro quando precisamos da cura? Olhamos para onde algo dói. Ou seja, olhamos primeiro para o nosso corpo. É no corpo, acima de tudo, que esperamos por alívio. Procuramos um médico que conheça o corpo e suas funções. Ele nos examina e encontra o local que está doendo e o órgão que está sofrendo.
Trata do local dolorido e fornece ajuda ao órgão que não desempenha mais, parcial ou totalmente, suas funções.
Que meios ele utiliza no tratamento necessário para a cura? Ele utiliza os meios que possui à sua disposição como médico. Por exemplo, meios capazes de retirar a dor. Isso já é um alívio enorme para nós.
Trata de um local ferido com as mãos, por exemplo, endireitando um membro deslocado. Às vezes corta algo fora ou costura um ferimento, curando-o com uma pomada.
Às vezes, percebe que nosso corpo está com falta de algum nutriente ou outra coisa, capaz de restabelecer suas capacidades. Prescreve-nos tais meios para que os usemos. Principalmente, prescreve-nos meios para coibir bactérias ou vírus em nosso corpo.
Ao mesmo tempo, sentimo-nos em boas mãos junto a ele. Isto também nos faz bem. Depositamos confiança nele, o que já nos faz sentir melhor. Criamos esperança de que esse tratamento nos curará.


A alma
O que acabamos de aprender aqui sobre a cura, além do tratamento corporal? Além de nosso corpo, nossa alma e nossos sentimentos também desempenham um papel importante na cura. Também devem ser tratados de uma boa maneira. Muitas vezes, sentimos a dor na alma de forma ainda mais intensa que as dores corporais.
Quais são geralmente as dores da alma? Quase sempre, são dores causadas por uma separação no presente, ou vêm da lembrança de separações ocorridas no passado, muitas vezes em nossa infância. Tais dores são experimentadas como traumas. Principalmente em casos onde somos expostos a elas de forma desprotegida, sem poder nos afastar delas.
Essas dores advindas de separações são armazenadas em nosso corpo, podendo ser resgatadas a qualquer instante, por exemplo, através de imagens internas capazes de evocar sentimentos passados, sem que precisemos lutar contra isso.
Nesse momento, nosso comportamento perante as pessoas muda. Sem estar imediatamente conscientes disso, esperamos por uma nova separação que virá.
Ao mesmo tempo, nosso corpo reage de uma forma que faz algo nele se apertar. Ficamos apertados. Por exemplo, perdemos o apetite ou não conseguimos respirar direito. Ou então, nosso coração dói e fica apertado. Ao invés de nos movimentarmos, ficamos sentados ou até mesmo de cama. Nossa força vital e nossas esperanças de uma vida feliz esmorecem. Tornamo-nos tristonhos e fisicamente doentes.
Qual será o resultado quando procuramos um médico nesse estado? Esperamos a cura? Ou aniquilamos internamente seus esforços? Separamo-nos dele sem esperanças como outrora? Onde começa a cura?
Em primeiro lugar na alma, através da cura das dores da separação do passado. Retornamos às pessoas das quais nos sentimos separados de forma dolorosa. Dessa forma, retornamos também à esperança. Ao longo deste livro mostrarei, em detalhes, como isso é possível. Ao mesmo tempo, irei conduzi-lo ao caminho da cura da alma através de exercícios internos e meditações.


O espírito
A pergunta é: como conseguimos a compreensão e a força para seguir esse caminho? A quem obedece a nossa alma? De onde obtém a fé na cura do corpo?
Ela obtém essa fé do amor. De um outro amor, muito além do amor que nos adoece, que nos adoece primeiro na alma e depois no corpo. Pois, o amor também faz adoecer. Por isso, é importante distinguir entre o amor que adoece e o amor que cura.
Você se surpreende com essa informação? Essa compreensão se manifesta como verdadeira em diversos sentidos nas Constelações Familiares. Todavia, o amor que leva à doença é diferente do amor que cura.
Diferentemente do amor que sentimos em nossas relações, o amor que cura é um amor do espírito. É o amor deste poder espiritual que, de forma criativa, trouxe à existência tudo aquilo que é.


Fonte Bert Hellinger – Livro A Cura


#EspaçoAuraQuartz
#SejaEstejaSorria
#SelmaFlavio 

Você deseja realizar a sua Constelação Familiar, informações 11 973873144 – Selma


ANIS ESTRELADO Banho e Chá e os benefícios


Anis Estrelado:
 
Planta de influência venusiana seu banho serve nos casos amorosos, e como defumação aliada a outros componentes para abrir os caminhos amorosos e propiciar boas amizades, bons caminhos, paz e triunfo.
Seu banho serve nos casos amorosos, e como defumação aliada a outros componentes para abrir os caminhos amorosos e propiciar boas amizades, bons caminhos, paz e triunfo.
O anis estrelado é também muito utilizada em banhos e defumações por suas propriedades energéticas poderosas para diversos fins. Ele atua de forma eficiente para a manutenção do bom humor, descarrega energias negativas, desperta a nossa intuição e torna o ambiente mais agradável.

Propriedades Medicinais: analgésico, antibacteriano, aromática, carminativo,  diurético, estimulante circulatório, expectorante, tônico estomacal.
Planta originária da China, esta árvore possui grande porte (podendo chegar até 18 metros de altura) e carrega este nome devido aos frutos que gera, tendo formato de estrela. Enquanto no Oriente é utilizado como tempero para frutos do mar e carnes devido ao seu aroma agradável e peculiar ou até mesmo através do seu óleo essencial, no Brasil sua utilidade principal é tratando-se da medicina natural, que orienta que o anis-estrelado seja usado em infusões e chás.

 

Benefícios de seu uso

O consumo desta especiaria ajuda em casos de…

Gripes, cólicas, gastrites, enterites, gases, espasmos gastrintestinais, tosses, bronquite, como efeito calmante e expectorante.

Chá do anis-estrelado

Realize infusão de uma colher de chá de anis-estrelado adicionada à um litro de água. Espere levantar fervura e desligue o fogo logo após. Abafe a mistura por dez minutos e ingira. Lembre-se de que para melhor efeito é interessante que se tome de duas a três xícaras ao dia.

Em casos de mau hálito, também é eficaz que se chupe o anis-estrelado. Além de melhorar a saúde do sistema digestivo, auxilia no combate deste desagradável mal.

Contraindicações

O excesso de ingestão dessa planta é capaz de causar alguns transtornos, principalmente quando consumida por crianças pequenas. Sintomas como enjoo, náuseas e complicações neurológicas foram relatadas nestes casos.

 

Fonte chabeficios


Participe, mandala terapêutica e vivência do Eu Superior.

DINÂMICAS COM MEDITAÇÃO, MANDALA E O PRAZER DE VIVENCIAR AS FLORES

27/08- Sábado – horário – 14h
Mandala Terapêutica – A vida que se renova.
Investimento: 50,00
Duração 90 min

Desenvolveremos a Mandala pessoal para a renovação interior, uma preparação para o novo, abrindo a vida para novas oportunidades na totalidade, da integração e da harmonia.

27/08 – Domingo – horário – 16h00
Vivenciando as flores – Preparação para colher o melhor de si, com meditação das flores, conexão com o eu superior, reflexão e mensagem.
Investimento: 50,00
Duração 60 min

Momentos de meditação e escolha, intuindo e conduzindo para a resposta pessoal. Sinalizando o que precisa reconhecer dentro de você e assim, poder se apodera de suas escolhas.

 

                                                              Imagem Mustorze Corporation

DESFRUTE , SINTA, SE PERMITA!

Facilitadora
Selma Flávio – CTN – SP nº. 0879 –  Terapeuta Sistêmica e Vibracional, Partner Internacional Sistema Floral de Bach, EFT (Emotional Freedom Techniques)
www.selmaflavio.com.br

Informações e Inscrições
selmaflavio@gmail.com
11-9.9787.3144 (whatsApp)

DESCONTOS NA HOSPEDAGEM

Di Maria – Pousada & Eventos

Estrada Doutor Celso Charuri, 346, Araçoiaba da Serra – SP
Roselaine
(15) 99735-3836
roselainepoeta@gmail.com